(71) 99136-7115

Consiste em uma avaliação dos contornos da face e outras partes fetais, proporcionando visualização e registro das feições e alguns movimentos corporais do bebê em tempo real.

O exame é acompanhado de uma Ultrassonografia Obstétrica com Doppler e todo registrado por meio eletrônico.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação ultrassonográfica do fígado, vesícula e vias biliares, pâncreas e baço.

Pode ser feito em qualquer idade e requer jejum de 8 (oito) horas prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação ultrassonográfica do fígado, vesícula e vias biliares, pâncreas, baço, rins e vias urinárias, bexiga, retroperitônio e grandes vasos abdominais.

Pode ser feito em qualquer idade e requer jejum de 8 (oito) horas prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação ultrassonográfica do fígado, vesícula e vias biliares, pâncreas, baço, rins e vias urinárias, bexiga, retroperitônio e grandes vasos abdominais, associada ao estudo do fluxo sanguíneo regional de uma estrutura ou órgão, conforme solicitação médica.

Pode ser feito em qualquer idade e requer jejum de 8 (oito) horas prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação ultrassonográfica do fígado, vesícula e vias biliares, pâncreas e baço, associada ao estudo do fluxo sanguíneo regional de uma estrutura ou órgão, conforme solicitação médica.

Pode ser feito em qualquer idade e requer jejum de 8 (oito) horas prévio à sua realização.

Pode ser utilizado para pesquisa de refluxo em bebês, devendo o médico deixar claro este objetivo em sua solicitação.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Procedimento no qual realiza-se aspiração de pequenos volumes de líquido amniótico, através de punção guiada por ultrassonografia, com finalidade de estudo genético ou pesquisa de infecções congênitas fetais. O material coletado é acondicionado de maneira que possa ser transportado com segurança até o laboratório onde será feita a análise do mesmo. A paciente é responsável pelo encaminhamento da amostra.

O material coletado é acondicionado de maneira que possa ser transportado com segurança até o laboratório onde será feita a análise do mesmo. A paciente é responsável pelo encaminhamento da amostra.

O presente procedimento é feito sob anestesia local e não requer jejum, sendo o mesmo desaconselhado.

Deve acompanhar pedido médico e exames prévios para consulta. Além de todas as ultrassonografias da gestação atual, é fundamental apresentar resultado de exame laboratorial que contenha grupo sanguíneo e fator Rh maternos, além de Teste de Coombs Indireto para as gestantes Rh negativo, teste para HIV e VRDL/FTA-Abs recentes.

Quando indicada, só pode ser feita após 16 semanas. Recomenda-se que a paciente compareça acompanhada.

Procedimento no qual realiza-se aspiração de grandes volumes de líquido amniótico, através de punção guiada por ultrassonografia, em gestações onde o mesmo está em excesso, seja para alívio dos sintomas maternos, como falta-de-ar, ou prevenção do parto prematuro.

O presente procedimento é feito sob anestesia local e não requer jejum, sendo o mesmo desaconselhado.

Deve acompanhar pedido médico e exames prévios para consulta. Além de todas as ultrassonografias da gestação atual, é fundamental apresentar resultado de exame laboratorial que contenha grupo sanguíneo e fator Rh maternos, além de Teste de Coombs Indireto para as gestantes Rh negativo, teste para HIV e VRDL/FTA-Abs recentes.

Quando indicada, geralmente é feita no terceiro trimestre da gestação. Recomenda-se que a paciente compareça acompanhada.

Consiste na avaliação ultrassonográfica dos rins, vias urinárias e bexiga.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação ultrassonográfica dos rins, vias urinárias e bexiga, além de estudo da distribuição dos vasos sanguíneos em uma alteração estrutural de um desses órgãos, ou fluxo das artérias renais.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação do tecido celular subcutâneo, linfonodos e eventuais tumorações ou coleções líquidas axilares.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Procedimento no qual realiza-se aspiração células da placenta, através de punção guiada por ultrassonografia, com finalidade de estudo genético.

O material coletado é acondicionado de maneira que possa ser transportado com segurança até o laboratório onde será feita a análise do mesmo. A paciente é responsável pelo encaminhamento da amostra.

O presente procedimento é feito sob anestesia local e não requer jejum, sendo o mesmo desaconselhado.

Deve acompanhar pedido médico e exames prévios para consulta. Além de todas as ultrassonografias da gestação atual, é fundamental apresentar resultado de exame laboratorial que contenha grupo sanguíneo e fator Rh maternos, além de Teste de Coombs Indireto para as gestantes Rh negativo, teste para HIV e VRDL/FTA-Abs recentes.

Quando indicada, só pode ser feita após 11 semanas. Recomenda-se que a paciente compareça acompanhada.

Consiste no uso da ultrassonografia transvaginal na avaliação da reserva ovariana, parte importante da investigação de mulheres com quadro de infertilidade. Neste exame são quantificados e medidos os folículos de ambos os ovários que tenham entre 2 e 9 mm de diâmetro médio e reportados ao médico assistente para auxiliar na definição de conduta diagnóstica e terapêutica do casal infértil.

Pode ser feito em qualquer fase da vida reprodutiva, entre o 2º e o 5º dias do ciclo menstrual, a contar do primeiro dia da menstruação atual, e não requer jejum prévio à sua realização.

Procedimento no qual realiza-se punção guiada por ultrassonografia, do cordão umbilical, visando aspiração do sangue fetal para estudo laboratorial e transfusão sanguínea, nos casos de anemia fetal.

Não requer jejum e o mesmo é desaconselhado neste exame. Deve acompanhar pedido médico e indicação precisa.

Procedimento no qual realiza-se biópsia de nódulo mamário por agulha grossa, guiada por ultrassonografia, com a finalidade de obter amostra da tumoração para estudo histopatológico e imuno-histoquímico.

O material coletado é acondicionado de maneira que possa ser transportado com segurança até o laboratório onde será feita a análise do mesmo. A paciente é responsável pelo encaminhamento da amostra.

O presente exame é feito sob anestesia local e não requer jejum, sendo o mesmo desaconselhado. Deve acompanhar pedido médico e exames prévios (mamografias e ultrassonografias mamárias) para consulta. Recomenda-se que a paciente compareça acompanhada.

Consiste na realização de ultrassonografia transvaginal após injeção de solução salina (soro) na cavidade uterina e permite melhor caracterização de pólipos, miomas e outras patologias do endométrio (porção interna do útero).

Não requer jejum e o mesmo é desaconselhado neste exame. Deve acompanhar pedido médico e indicação precisa.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação do tecido mamário, em busca de nódulos, cistos, massas e outras alterações estruturais. Tem papel fundamental na avaliação das mamas após mamografia alterada, seguimento de achados de exames prévios ou para queixas atuais.

Sempre que a paciente tiver 40 anos ou mais, recomenda-se que a mamografia mais recente, preferencialmente com menos de um ano de sua realização, seja levada para comparação. Para todas as pacientes, a última ultrassonografia mamária deve ser apresentada no momento do exame.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Consiste na avaliação do tecido mamário, em busca de nódulos, cistos, massas e outras alterações estruturais. Tem papel fundamental na avaliação das mamas após mamografia alterada, seguimento de achados de exames prévios ou para queixas atuais. Adiciona-se a esta investigação o estudo do padrão de distribuição dos vasos sanguíneos em lesões mamárias previamente diagnosticadas.

Sempre que a paciente tiver 40 anos ou mais, recomenda-se que a mamografia mais recente, preferencialmente com menos de um ano de sua realização, seja levada para comparação. Para todas as pacientes, a última ultrassonografia mamária deve ser apresentada no momento do exame.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Consiste em uma ultrassonografia transvaginal na qual os miomas, sobretudo os que podem ser retirados por cirurgia, são medidos e localizados com precisão para ajudar o ginecologista a decidir qual a melhor modalidade de tratamento a ser adotada em cada caso.

Pode ser feito em qualquer idade da vida reprodutiva da mulher e não requer jejum prévio à sua realização. Preferencialmente, deve ser realizado na segunda metade do ciclo menstrual, o mais próximo possível da próxima menstruação.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste em ultrassonografia realizada com o objetivo de buscar indícios de alterações genéticas fetais, através da avaliação da Translucência Nucal (TN) e do osso nasal (ON), bem como de alterações estruturais graves e precoces do bebê. Através destas informações, associadas a dados maternos, é calculado o risco para trissomias do 21 (Síndrome de Down), do 18 (Síndrome de Edwards) e 13 (Síndrome de Patau), e, caso o risco seja alto para tais condições, o obstetra assistente pode optar por indicar estudo genético fetal.

Deve ser realizada entre 11 semanas e 13 semanas e 6 dias, quando o comprimento cabeça-nádega do feto mede entre 45 e 84 mm. Em alguns casos, o exame pode ser feito por via transvaginal de maneira exclusiva ou parcial, visando melhor desempenho do método.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste em ultrassonografia realizada com o objetivo de buscar indícios de alterações genéticas fetais, através da avaliação da Translucência Nucal (TN), do osso nasal (ON) e do Ducto Venoso (DV), bem como de alterações estruturais graves e precoces do bebê. Através destas informações, associadas a dados maternos, é calculado o risco para trissomias do 21 (Síndrome de Down), do 18 (Síndrome de Edwards) e 13 (Síndrome de Patau), e, caso o risco seja alto para tais condições, o obstetra assistente pode optar por indicar estudo genético fetal.

Além da avaliação fetal, neste exame, através do estudo Doppler das artérias uterinas, é possível realizar uma estimativa de risco de hipertensão gestacional grave e restrição de crescimento fetal precoce. Com esse dado, o obstetra assistente pode optar por indicar medicação para prevenção de tais complicações.

Deve ser realizada entre 11 semanas e 13 semanas e 6 dias, quando o comprimento cabeça-nádega do feto mede entre 45 e 84 mm. Em alguns casos, o exame pode ser feito por via transvaginal de maneira exclusiva ou parcial, visando melhor desempenho do método.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Além da avaliação de peso, placenta, líquido amniótico, batimentos cardíacos e movimentos fetais, neste exame os órgãos e demais estruturas fetais são cuidadosamente analisados. O objetivo é excluir ou confirmar malformações e auxiliar o obstetra a tomar decisões para melhor condução do caso em questão.

Este exame tem seu melhor desempenho entre 20 e 24 semanas, quando é possível diagnosticar cerca de 85% das malformações fetais conhecidas, sobretudo as graves.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Além da avaliação de peso, placenta, líquido amniótico, batimentos cardíacos e movimentos fetais, neste exame os órgãos e demais estruturas fetais são cuidadosamente analisados. O objetivo é excluir ou confirmar malformações e auxiliar o obstetra a tomar decisões para melhor condução do caso em questão.

Este exame tem seu melhor desempenho entre 20 e 24 semanas, quando é possível diagnosticar cerca de 85% das malformações fetais conhecidas, sobretudo as graves.

Soma-se, ao estudo morfológico, o uso do Doppler pulsado para avaliar os índices de resistividade das artérias uterinas e umbilicais, marcadores do desenvolvimento e bom funcionamento da placenta.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Neste exame, realiza-se a estimativa de peso, avaliação da placenta, volume de líquido amniótico, batimentos cardíacos e movimentos fetais. Para avaliação do crescimento fetal, é fundamental o conhecimento da idade gestacional, que é calculada a partir de ultrassonografias prévias, preferencialmente aquelas realizadas entre 6 e 14 semanas. Quando não existe exame prévio, pode-se definir a idade gestacional aproximada a partir desta avaliação.

Soma-se, à ultrassonografia obstétrica, o uso do Doppler pulsado para avaliar os índices de resistividade das artérias uterinas, umbilicais e cerebral média, que podem fornecer informações importantes sobre o bem-estar fetal.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Neste exame, realiza-se a estimativa de peso, avaliação da placenta, volume de líquido amniótico, batimentos cardíacos e movimentos fetais. Para avaliação do crescimento fetal, é fundamental o conhecimento da idade gestacional, que é calculada a partir de ultrassonografias prévias, preferencialmente aquelas realizadas entre 6 e 14 semanas. Quando não existe exame prévio, pode-se definir a idade gestacional aproximada a partir desta avaliação.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Exame realizado para pesquisa de hérnias, tumorações sólidas ou coleções líquidas da parede abdominal. A solicitação médica deve ser clara sobre qual a região a ser avaliada.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Exame realizado para pesquisa de tumorações sólidas ou coleções líquidas em tecidos moles. A solicitação médica deve ser clara sobre qual a região a ser avaliada.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Exame realizado para pesquisa de tumorações sólidas ou coleções líquidas em tecidos moles, além de avaliar o padrão de distribuição dos vasos sanguíneos de tais lesões, através do uso do Doppler colorido. A solicitação médica deve ser clara sobre qual a região a ser avaliada.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Avaliação da pelve feminina, com destaque para útero e ovários, realizada por via abdominal.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização. A bexiga deve estar cheia e a paciente com desejo de urinar para este exame.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Avaliação da pelve feminina, com destaque para útero e ovários, realizada por via abdominal, adicionando-se o padrão de distribuição dos vasos sanguíneos de órgãos, através do uso do Doppler colorido

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização. A bexiga deve estar cheia e a paciente com desejo de urinar para este exame.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Neste exame, realiza-se a estimativa de peso, avaliação da placenta, volume de líquido amniótico, batimentos cardíacos, movimentos respiratórios e corporais e tônus fetal. Soma-se o uso do Doppler pulsado para avaliar os índices de resistividade das artérias uterinas, umbilicais e cerebral média, que podem fornecer informações adicionais importantes sobre o bem-estar fetal.

Não realizamos cardiotocografia.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Neste exame, realiza-se a estimativa de peso, avaliação da placenta, volume de líquido amniótico, batimentos cardíacos, movimentos respiratórios e corporais e tônus fetal, dados que podem fornecer informações importantes sobre o bem-estar fetal.

Não realizamos cardiotocografia.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste no uso da ultrassonografia para pesquisa de implantes pélvicos de endometriose, indicado para mulheres em idade reprodutiva com sintomas compatíveis com endometriose.

Requer preparo medicamentoso e enema (lavagem intestinal), devendo a paciente realizar contato direto com a clínica para mais informações.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste no uso da ultrassonografia para pesquisa de implantes profundos de endometriose, indicado para mulheres em idade reprodutiva com sintomas compatíveis com endometriose.

Requer preparo medicamentoso e enema (lavagem intestinal), devendo a paciente realizar contato direto com a clínica para mais informações.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Procedimento no qual realiza-se punção de nódulo ou cisto mamário por agulha fina, guiada por ultrassonografia, com a finalidade de obter amostra de células para estudo citopatológico.

O material coletado é acondicionado de maneira que possa ser transportado com segurança até o laboratório onde será feita a análise do mesmo. A paciente é responsável pelo encaminhamento da amostra.

O presente exame é feito sob anestesia local e não requer jejum, sendo o mesmo desaconselhado. Deve acompanhar pedido médico e exames prévios (mamografias, ultrassonografias mamárias e laudos de punções prévias) para consulta. Recomenda-se que a paciente compareça acompanhada.

Procedimento no qual realiza-se punção de nódulo tireoidiano por agulha fina, guiada por ultrassonografia, com a finalidade de obter amostra de células para estudo citopatológico.

O material coletado é acondicionado de maneira que possa ser transportado com segurança até o laboratório onde será feita a análise do mesmo. A paciente é responsável pelo encaminhamento da amostra.

O presente exame é feito sob anestesia local e não requer jejum, sendo o mesmo desaconselhado. Deve acompanhar pedido médico e exames prévios (ultrassonografias da tireoide e laudos de punções prévias) para consulta. Recomenda-se que a paciente compareça acompanhada.

Consiste na avaliação ultrassonográfica da glândula tireoide e suas eventuais lesões, como bócios, nódulos e cistos.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste na avaliação ultrassonográfica da glândula tireoide e suas eventuais lesões, como bócios, nódulos e cistos, utilizando-se o Doppler colorido para estudar o padrão de distribuição dos vasos sanguíneos dessas lesões.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Avaliação da pelve feminina, com destaque para útero e ovários, realizada por via transvaginal, sendo recomendada apenas para mulheres que já iniciaram sua vida sexual.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum ou qualquer preparo prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Consiste em ultrassonografia transvaginal seriada (mais comumente em três etapas) cujo objetivo é acompanhar o crescimento folicular e a ovulação, indicada para pacientes em ciclos espontâneos ou induzidos. O ginecologista responsável pela monitorização do ciclo deve definir os momentos para realização de cada exame, visando apoiá-lo na definição de condutas.

Pode ser feito em qualquer idade da vida reprodutiva e não requer jejum ou qualquer preparo prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Avaliação da pelve feminina, com destaque para útero e ovários, realizada por via transvaginal, sendo recomendada apenas para mulheres que já iniciaram sua vida sexual. Utiliza-se o Doppler colorido para estudar o padrão de distribuição dos vasos sanguíneos destes órgãos e eventuais lesões.

Pode ser feito em qualquer idade e não requer jejum ou qualquer preparo prévio à sua realização.

Não esqueça de levar seus exames anteriores para comparação.

Top